quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O desfralde e as minhas dicas

Li muito sobre o assunto, em blogues, artigos de revistas, sites, com a ideia de me esclarecer e tranquilizar, mas confesso-vos que fiquei com medo... li repetidamente que era uma fase dificil, que muitas vezes leva as mamãs a desistir, porque não acertaram no momento certo ou porque se cansaram de tanto limpar sem resultados à vista.
Aqui em casa passou-se de uma forma muito relaxada e espontânea apesar do medo e insegurança da minha parte quando comecei a pensar no assunto.
E pelas queixas que li e ouvi de outras mamãs: "Estou cansada de limpar chão!", "Estou cansada de lavar roupa!" fiz uma lista de procedimentos antes de começar o desfralde:
{a lista foi feita enquanto o Leo dormia o soninho depois de almoço e não foi planeada, decidi simplesmente naquele dia, depois de almoço, que ia tentar... apesar de o Leo só ter 22 meses e meio} - sinceramente achei que não ia resulta. 
 
A lista:
- Retirar todos os tapetes da casa (limpar chão é mais fácil e rápido que limpar tapetes);
- Preparar balde com água e detergente do chão e colocar juntamente com esfregona num local de rápido acesso;
- Selecionar cuecas (eu como não tinha planeado com antecedência o desfralde então tinha poucas cuequinhas e acabei por lavar logo no momento a seguir ao acidente :)) e calças que facilmente se vestem e despem (nos dias de mais calor o Leo ficava por casa só de cueca);
- Colocar o penico em lugar acessível (nos primeiros dias vale andar com ele pela casa acompanhadp os movimentos da cria; :)  

Desta forma minimizei ao máximo o desgaste e cansaço que o processo de desfralde me poderia dar. E fiquei bem mais relaxada... 
Acredito que por vezes seja dificil o desfralde não somente porque a criança não está preparada mas porque a mamã não transmite segurança mas sim cansaço e stress.

Então a regra número 1 é sem duvida manter a calma... mesmo que ele faça xixi 6 vezes no chão em escassas 4 horas. 

Eu sou da opinião que criança além de precisar estar fisiologicamente preparada para o desfralde tem que saber o que é o desfralde e para isso acontecer tem sim que fazer xixi e cocó na cueca... não há outro jeito de ensinar, a meu ver. Não podemos esperar que ele aprenda a ir no penico sem sentir na pele essa necessidade.
Regra número 2, perguntar várias vezes enquanto o pequeno brinca se não terá vontade de fazer xixi. Isto ajuda-o a lembrar-se que não tem fralda... algo que para ele é como se tivessem nascidos juntos.
Regra número 3, bater palmas, dar beijinhos, abraços, cantar, fazer uma festa... sei lá... qualquer coisa de recompensa quando o penico é usado... mas tem mesmo que ser fervoroso para o pequeno ficar orgulhoso e com autoestima bem lá em cima.


Naquele dia, assim que o Leo acordou conversei com ele {já contei aqui em diversas situações o quanto acho importante explicar tudo muito seriamente aos pequenos - eles entende mais do que muitas vezes achamos} disse-lhe que a partir daquele momento não colocaria mais fralda e ele teria que utilizar o penico, que era normal que no inicio ele não conseguisse ir a tempo :) mas que eu ia estar ao seu lado para o ajudar a aprender a ser um menino grande. {Ele mostrou-se muito compreensivo que por incrível que pareça uma criança que nunca se quis sentar no penico, com medo, aceitou super bem esta nova condição. E o penico passou a ser ser seu aliado. :)}

Foram 3 dias com alguns xixis no chão e cocó na cueca, mas no final dos 3 dias o Leo já não precisava mais de fralda e já lá vai um mês de sucesso, por vezes acontece um acidentezito mas é muito raro e somente acontece com o xixi. 
Ao fim de cerca de 8 dias abandonamos o penico que andava de divisão em divisão da casa e passou a utilizar o adaptador da sanita (acho mais prático e higiénico).
Agora, passado um mês e pouco, estamos a tirar a fralda do soninho da tarde... e já tivemos algumas sestinhas secas (o Leo fica triste quando não consegue, até dá pena de o ver acordar cheio de xixi e dizer com carinha triste que não conseguiu, mas eu animo-o sempre... e lavo os lençóis eheh...)

Bem hoje aqui fica o nosso testemunho de um desfralda posso dizer de sucesso :)
Sucesso não por ter sido rápido e sem complicações mas sim por ter sido muito tranquilo.

Regra de ouro, que serve para o desfralde, a amamentação, as primeiras pápas, o primeiro dia de infantário... antes mesmo do bebé/criança estar preparado tem que a mamã estar além de preparada, tranquila e consciente que o pequeno é pequeno e precisa do nosso apoio incondicional. 
O que acontece quando entras numa sala (por exemplo no teu primeiro dia de trabalho) cheia de pessoas com cara de preocupadas? Não ficas insegura, receosa???
Imagina agora o pequeno que se tem que adaptar a este mundo tão rápido e tão diferente da barriga da mamã em que tudo era feito na medida certa para servir o lorde :) a vida não é fácil...
E nós estamos aqui para ajudar e mesmo que muitas vezes seja dificil manter a calma ou lutar contra o cansaço... lembra-te quanto mais serena e harmoniosa te mostrares ao teu filho mais fácil será para os dois. 

3 comentários:

Reflexões de Mamãe disse... [Responder Comentário]

Bom, os preparos para o desfralde vai andando... o desfralde é que realmente um grande desafio!!!
Parabéns por ter conseguido!!!
Um beijo!!!

Glaucinha disse... [Responder Comentário]

Nossa, estou vivendo este momento agora. Não me sentindo preparada e assustada com tanta coisa que li na internet, as vezes informação demais é ruim né. E agora li seu blog... tudo escrito de forma objetiva e leve e me deu força. EU vou tentar. Eu sinto que meu bebe nao quer mais a fralda...ele fez dois anos e dois meses. Muito obrigada pelo relato. bjx

Cintia disse... [Responder Comentário]

Sofia, minha filha tem 2 anos e 4 meses e parece que ainda não tem bem noção dessa função de fralda, até pedi para fazer cocô às vezes, mas é só pela brincadeira de sentar no troninho. Como ela vai a escolinha me sinto um pouco desencorajada de começar esta tarefa sozinha, ainda mais que moro no rio grande do sul e essa época por aqui já é frio. Ao mesmo tempo tenho receio porque pretendo no ano que vem trocá-la de escola e gostaria que ela já estivesse sem fralda, sei que cada criança tem seu tempo, mas será que consigo fazer isso tudo de forma rápida?

Enviar um comentário

Partilha comigo a tua opinião

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...