segunda-feira, 23 de agosto de 2010

O que eu acho que faria nesta situação II

O que eu faria vai ao encontro com as vossas opiniões, faria igualzinho como a Minéia descreveu. Mas na discussão que tive sobre este assunto havia quem achasse que umas palmadas seriam mais eficientes, que uma criança tão pequena não vai com conversas e numa situação tão grave como esta tem que ficar bem gravado que o que ela fez está completamente errado. As crianças têm que ser mais velhas para irem só com conversas.
Ou seja, numa situação destas perigosa e com uma criança tão pequena temos mesmo que recorrer a palmadas.
E se fossemos a mãe da criança magoada? Teríamos a mesma opinião?
Eu quero estar completamente desacordo, mas apesar de saber que palmadas não resolvem nada, sei que podem acontecer, a mãe fica extremamente nervosa com a situação de perigosa que foi e dá uma palmada à criança, aliviando assim a sua própria aflição. Se tal me acontecesse morreria de seguida de arrependimento. Mas acredito que não exista muita gente que nunca deu uma palmada a um filho, por falta de paciência, por nervosismo ou por a situação ser de tal maneira perigosa que perdemos o controle.
Não quero educar o meu filho com palmadas, pois sei que estas não resolvem, por vezes até dificultam a situação. Conheço casos em que mães recorrem a palmadas e vejo que estas não resolvem mesmo nada. A criança não aprende que fez mal a criança fica assustada, triste e zangada, aprenderá a ter medo, a não ter confiança nos pais, pois bater humilha e não é a humilhar que se educa uma criança para um dia ser um Homem responsável e seguro de si.

1 comentários:

Publicar um comentário

Partilha comigo a tua opinião

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...