quinta-feira, 19 de maio de 2011

Amamentação: as delícias e as dificuldades

E porque eu aqui já deixei bem claro o que é para mim amamentar... e porque gosto muito de um post que fiz faz uns tempos, que me saiu num momento rico de inspiração... deixo-o aqui novamente para não deixar passar esta blogagem colectiva :) proposta pela Ananda do Projecto de mãe. (lá no cantinho da Ananda podem encontrar a lista de quem participou com textos lindos e testemunhos admiráveis).

Selinho by Joana Heck   

Sabes aqueles sapatos altos lindos que compras para uma festa e que combinam exactamente com o teu vestido? Aqueles em que ficas maravilhosa? Aqueles em que te sentes poderosa? Em que é dificil manter o equilíbrio mas por ter sentires a mulher mais linda apanhas logo o jeito. Sentes que as pessoas olham para ti e sorriem, porque toda a tua beleza está ali, desde a tua cara de satisfação à beleza dos sapatos.
Mas que passado 10 minutos da festa começam-te a fazer umas dores nos pés. Daquelas dores chatas, que faz ferida? Sim, esses sapatos que apesar de te magoarem não vais descalçar, não vais desistir. E sabes porquê? Porque além de te fazerem elegante, linda, poderosa. fazem-te bem ao ego, à auto-estima.
E aguentas mais umas horas, esqueces a dor e divertes-te. É uma dor menor, comparada com a alegria do momento, podes até colocar uns pensos rápidos nos dedos e no calcanhar e... óptimo a dor passa. E então podes dançar, passear pela festa e manter o teu sorriso, nada podia estar melhor. Uma festa linda e tu a sentires-te completa.
Pois é... usar sapato alto e novo é para mim comparável a amamentar. (prontos, podem chamar-me nomes, dizer que fiquei maluca e não digo coisa com coisa... eu aceito :) )
Amamentar doi, sim. Pode doer muito. Amamentar exige muita força, principalmente nos primeiros tempos em que o nosso corpo ainda não se adaptou, mas passa, depois de algum tempo deixa de doer. Cheguei a evitar gemer de dor com o Leo a mamar, para que ele não sentisse que eu sofria... mas passou (foram os 1ºs 4 meses, mas sabes que já nem me lembro)...
Mas amamentar também me faz sentir poderosa - ver um ser tão pequenino chegar aos 6 meses grande e gordinho só com o meu leitinho não tem sensação melhor. Amamentar aumenta a tua auto-estima, sentes-te linda. 
O sentimento que tenho de amamentar não é dos tempos dificeis, longe disso, o que fica é os momentos maravilhosos, o olhar de bebé recém-nascido fixado em mim, o sorriso... e agora que ele é mais crescido ficaram especialmente maravilhoso, estes momentos só nossos:
O Leo pára de mamar e diz: "É bom.... deícia" (delicia!!) - não é de morrer de amor :)
E quando ainda a mamar eu pergunto: - "De quem é o leitinho, amor? - ele responde ainda a abocanhar o meu peito: - "É meu" :)
Além de todas as vantagem que já conhecemos a níveis de saúde, amamentar é bom para a alma, para o nosso equilíbrio... É uma opção sim, não condeno quem usa sapato rasteiro com um vestido de noite... mas certamente são de acordo que combinaria melhor um sapato alto e elegante...
Amamentar é para mim um deixar de estar grávida gradual.... faz parte... combina.
E sei que há casos de quem não consegue amamentar, tenho consciência disso, existem casos bem próximos de mim. Mas também sei que a falta de apoio e informação desencadeia essa não possibilidade. A facilidade em preparar um biberão com LA não se compara à capacidade, paciência e força que temos que ter para começar a amamentar. Sei que existem, felizmente raramente, distúrbios orgânicos que não deixam o nosso corpo reagir naturalmente. Para essas mães deixo o meu abraço, não se sintam menores ou culpadas por não o terem feito... não deixam por isso de ser menos mães. E certamente poderão sentir-se belas e maravilhosas nesta "festa de ser mãe" em outras situações e etapas de desenvolvimento dos nossos tesouros.
Amamentar é além de nutrir, é começar a Educar Sentimentos...
Hoje estou assim, como quem vive numa festa, sentindo-me linda e completa, com a auto-estima em alta...

3 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse... [Responder Comentário]

Amamentar só doí se a pega for incorrecta!

Infelizmente desmamei o meu.. foram 26 meses deliciosos :)

Sarah disse... [Responder Comentário]

Que legal que vc participou da blogagem Sofia! Muito iteressante a analogia com os sapatos, hehe!! Eu tive dores do comecinho, mas lembro apenas que elas existiram, não lembro da intensidade... E também não me impediram de amamentar, fui até os 8 meses. Queria ter ido mais, mas foi o que consegui...
Também participei da blogagem, quando der, passa lá no blog!
beijo
Sarah
http://maedobento.blogspot.com/

Ananda Etges disse... [Responder Comentário]

Belo texto! Que bom que participou da blogagem!

Beijos, Ananda.

http://projetodemae.wordpress.com

Enviar um comentário

Partilha comigo a tua opinião

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...