sexta-feira, 19 de novembro de 2010

É possivel ser feliz comendo brócolos

Como já referi faz algum tempo aqui sou bastante rígida e atenta quanto à alimentação do meu pequeno. Hoje li no blog da Thelma um post fantástico, um testemunho que merece os meus parabéns. É a escrever algo do género que me quero ver fazer daqui a 2 anos.
Eu poderia escrever sobre o assunto e dar o meu ponto de vista mas a Thelma disse tudo, e concluiu lindamente. Desculpa-me pelo abuso mas faço minhas as tuas palavras:



"Eu acredito que uma criança não sente mais prazer com uma bala cheia de corantes do que chupando uma manga suculenta, com o caldo escorrendo pelo braço. E duvido que seja mais divertido lamber um pirulito do que fazer barulho para tomar a poça de suco que se formou no fundo de um prato cheio de melancia docinha.
Acho que o segredo é não transformar a alimentação em problema, em sofrimento. Aos seis meses, quando os alimentos vão sendo introduzidos aos poucos, podem chegar com alegria às mãos dos bebês. São como brinquedos macios e coloridos para levar à boca, como eles gostam de fazer com tudo o que encontram.
Esse momento é importantíssimo, é a hora de abrir a porta para um mundo de sabores, aromas, texturas, consistências, cores, muitas cores! E enquanto a criança aprende a comer está desenvolvendo linguagem, coordenação motora, percepção e discriminação visual; está construindo cultura, criando comportamentos, formando hábitos para uma vida longa e saudável."

10 comentários:

Thelma Torrecilha disse... [Responder Comentário]

Oi, Sofia, vim visitar o seu cantinho. Não tem problema nenhum, precisamos mesmo compartilhar ideias, unir nossos esforços para levar boas mensagens para quem está envolvido com a educação de uma criança. É difícil oferecer uma alimentação saudável com tanta propaganda martelando contra, vendendo bobagens como coisas boas. É bom conversar sobre isso, e conversas entre blogs são muito legais, adoro! Beijos

ESpeCiaLmente GaSPaS disse... [Responder Comentário]

:) Concordo!

Anne disse... [Responder Comentário]

idéias deliciosas, concordo plenamente!
obrigada por compartilhar!
Bjos

Cora disse... [Responder Comentário]

Nossa não poderia dizer melhor!
Pudesse todas as mães pensarem assim!
Hoje nos mercados as "papinhas" já veem prontas é só por no microondas!
Um terror para a alimentação das crinças!!

Belo post mesmo!
Cora.

Mariana - viciados em colo disse... [Responder Comentário]

Concordo plenamente! Mas com uma filha de cinco anos da teoria vivo a prática. Alice comia todas as frutas, se lambuzava, fazia caretas com azedos e ria... Tenho fotos fantásticas! Ela comia todas as verduras, legumes, grãos, tudo tudinho... Doce (de açúcar) só provou com 18 meses - a cara dela comendo um brigadeiro... Mas (teria que ter um 'mas') quando fez dois anos começou a ficar seletiva e a "enjoar" de tudo.

As frutas só algumas e poucos pedaços. Na vitamina, antes de frutaSSSS, agora só banana! Os legumes e verduras só batata (e batata é legume?). No prato do almoço só feijão (ufa!), arroz branco, macarrão sem molho, purê de batata, carne ou frango (ufa2!), mais nada...

Se colocasse verdura no feijão ou no purê (antes uma boa estratégia para maquiar as verduras) ela percebia e recusava... Mas também não chupava chicletes e balas e pirulitos. O luxo era um chocolate de boa qualidade na sobremesa.

Foram três anos de decepção, mas todo os dias comemos nossa salada crua, nossos legumes no vapor ou refogados, e colocamos sempre um pedacinho no prato dela (que sempre ia para o lixo).

Do nada, com quatro anos, ela voltou a experimentar (e dizer que não gosta!) e com cinco voltou a comer algumas verduras.

O problema é que vivemos rodeados de guloseimas e é muito difícil controlar a nós mesmos e aos nossos filhos. E quando ela começou a experimentar as porcarias inevitáveis (aniversários!) desandou.

Mesmo assim o saldo é positivo: comparando Alice com outras crianças, apesar de não comer de tudo, considero que ela se alimentar melhor do que várias. Nunca tomou refrigerantes, lancha pão integral, não come biscoito recheado, etc.

Desculpa o comentário post style... Um dia vira post...

Beijoca

Sofia disse... [Responder Comentário]

Olá Mariana,
Obrigada por partilhares a tua história... A prática nem sempre é um mar de rosas, né? E nisto da educação... ai como é complicado... Mas a tua dedicação em manter com a Alice sempre uma boa alimentação e mesmo dando-lhe o exemplo já é muito bom.
Realmente é verdade que vivemos rodeados de guloseimas e comidas menos saudáveis e é muito difícil controlar isso nos nossos pequenos, principalmente quando eles começam a ser mais autónomos. Só a maravilha da embalagem das guloseimas cheia de cores e bonequinhos luta contra nós.
O mais importante, na minha opinião, é tentar controlar até o mais tarde possível o açúcar e gorduras que os nossos pequenos consomem, manter o prato bem colorido de legumes e dar o exemplo.

Thiago disse... [Responder Comentário]

Olá Sofia!

Excelente post! Belas idéias que devem ser lembradas dia após dia, até porque a comodidade está ai. É muito mais prático abrir um refrigerante a se dar o trabalho de fazer um suco natural. Parabéns pelo blog!

Excelente fim de semana!

Abraço,

Thiago

Chris Ferreira disse... [Responder Comentário]

Oi Sofia,
adorei o post. Aqui em casa temos de tudo e as barras de cereal acabam antes dos pacotes de biscoito, as frutas precisam ser repostas antes dos doces que muitas vezes vão para o lixo, o suco e preferido ao refrigerante. Acho importante a criança saber fazer boas escolhas. Algumas vezes não ter as opções faz com que quando tenham asescolhas não sejam as melhores.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Chris Ferreira disse... [Responder Comentário]

Oi Sofia,
postei o selinho que você me deu e deixei um para você lá no blog.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Sarah disse... [Responder Comentário]

Excelente. Oferecer alimentos saudáveis e torná-los atraentes, além de, novamente, os pais darem exemplo comendo esses alimentos ao invés dos porcaritos é essencial a uma alimentação mais equilibrada!
bjos!

Enviar um comentário

Partilha comigo a tua opinião

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...