quarta-feira, 7 de julho de 2010

Educar um filho

Que tipo de pessoa queremos preparar para que mundo? A forma de tratar o nosso filho é uma influência significativa na sua personalidade ou isso é culpa dos genes?
Muitas vezes ouvimos frases do tipo: "Que criança tão irrequieta? Tem mesmo cara de traquina. Não há nada a fazer"; "A tua filha é tão calminha e comporta-se lindamente."
Por vezes irmãos criados da mesma forma são tão diferentes, um anjo e um demónio... Qual é o nosso papel no meio disto tudo?
As crianças são todas diferentes, respondem de forma distinta aos mais variados estímulos. Porém, a nossa atitude perante elas poderá encontrar pontos em comum.
Não tenho duvidas, que pais dedicados tenham as melhores intenções quando educam um filho preparando-o para os desafios que este vai enfrentar no futuro, uma tarefa difícil e muitas vezes frustrante por ser difícil dar boas respostas a cada situação.
É importante que os pais valorizem os seus filhos pelo que eles são. E nós estamos para dar o exemplo, se ao acordá-lo pela manhã lhe dermos um bom dia com um sorriso ele acordará bem disposto, mas se pelo contrário chegarmos à porta do quarto e em voz alta o acordarmos com "Levanta-te que já é tarde, despacha-te!" não me parece que tenha o mesmo resultado. Se quando ele faz uma asneira em vez de o repreendermos imediatamente tentarmos compreender o que aconteceu e explicar-lhe que não se faz, não terá um resultado mais feliz? Nós adultos também fazemos asneiras...
Na minha opinião é tudo uma questão de atitude. Ao tratar alguém com carinho, atenção, dedicação colherá certamente melhores frutos.
É certo que há dias que não há paciência, que estamos cansados mas não podemos desesperar somos humanos cometemos erros, o importante é termos consciência disso e corrigi-los.
Pensamento positivo é a chave, deixa-nos bem dispostos e prontos para enfrentar os momentos mais dificeis. E claro, muito carinho à mistura :)

1 comentários:

Fernanda disse... [Responder Comentário]

Eu acredito que as crianças são resultado dos genes, meio e personalidade própria. Por isso irmãos são tão diferentes entre eles.

Quando ao acordar, acordo os meus como os adormeço, com beijinhos e uma expressão nossa: "Bom dia, alegria!"

Publicar um comentário

Partilha comigo a tua opinião

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...