segunda-feira, 5 de julho de 2010

Mãe não tem limite... é tempo sem hora

Ser mãe é Amar, Encaminhar e Educar aquele pequeno ser para a vida, uma tarefa séria e de imensa responsabilidade, a qual o instinto de ser mulher e mãe dedicada a torna mais fácil.
Muitas vezes surgem dúvidas: Será que estou a fazer o que está certo? Como a educação que dou irá interferir na vida do meu filho? Será que eu sei ser boa mãe?...  As respostas nem sempre aparecem claras ou no momento certo. Mas com certeza, aquele sentimento indescritível de segurar o nosso bebé, amamentá-lo, vê-lo crescer, enfim, estar com ele, dando de nós aquilo que nos vai na alma e no coração, são muitas vezes um ponto final às tantas dúvidas e medos que sempre irão surgir no decorrer da vida.
Não quero aqui menosprezar o papel do pai: o amor, a confiança... a segurança que o pai transmite são a peça complementar da criação de uma nova família. na qual se pretende que a criança cresça de forma mais saudável e equilibrada.

2 comentários:

Anónimo disse... [Responder Comentário]

Pensava que estava sendo uma boa mae fazendo as vontades de meus tres filhos, hoje me separei e tenho um novo companheiro que me mostra onde estou errando com meus filhos no da carrinho a eles ,atençao e muito mais, eu so dava carinho mas nao cobrava para mim,o mais venho tem 15 anos de idade e nao tem planos para sua vida depois do ensino medio,minha culpa e do pai dele que achavamos que ate outro dia tinhamos uma criança e nao olhavamos para ele como um adolescente,o segundo tem 12 anos e teve um problema de paralizia braquial e ate hoje tratamos com cuidado como se fosse um garoto fragil mais se demonstra ser mais forte e tem um objetivo para seu futuro é totalmente diferente do mais velho,temos uma pequena grande moça de tres anos e onze meses que ja tem uma personalidade forte e nao sede a nossa correçao se nao for sob ameaça de ganhar umas palmadas ou ficar de castigo.As vezes acho que nao sei como lidar com eles mas ao mesmo tempo tenho a convicçao de que se nao for eu quem vai ser amo meus tres filhos nao tenho amor maior que esse em meu coraçao mais quero que sejam homens e mulher brilhante na vida deles,nao digo de riqueza nao mais de parsonalidades e como pessoas principalmente.

Fernanda disse... [Responder Comentário]

Olá Sofia!
Aqui estou eu, a retribuir a visita e desejar-te muito sucesso, com o blogue. A temática é fascinante e inesgotável.

Relativamente a este post, eu diria que ser mãe é ter poucas certezas; é aprendizagem para uma vida. É errar e querer fazer o melhor. E amando incondicionalmente os nossos filhos, vamos-nos redimindo.

Beijinhos

Publicar um comentário

Partilha comigo a tua opinião

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...